Anti Plágio

...

terça-feira, 6 de julho de 2010

Em um quarto vermelho




Em um quarto vermelho, há desejos
Há sexo, há cheiros,
Nesse quarto vermelho, há necessidades
Há necessidade de te ver, há necessidade de te possuir.
Nesse quarto vermelho é preciso você, você.
Só você.
Eu preciso de você neste quarto vermelho,
E esse quarto vermelho precisa de você
Você precisa de mim, nós precisamos
Eu sinto cheiro, o cheiro de nossos sexos
O Sexo que ainda não foi feito
O feito que será feito.
Eu quero você na minha cama
Eu quero você na mesa deste bar
Este bar, que nada além tem
E que nada além precisa
Precisamente, eu preciso só de você
Você na minha cama, em mim, no meu corpo
Na minha alma eu preciso de você, eu preciso
Eu preciso lhe possuir, eu preciso sentir o seu gosto
O seu cheiro, o seu calor, a sua fome, o seu desejo,
A sua raiva
Hoje eu preciso de você,
Hoje

Eu preciso de você

Jonathan Villaça

10 comentários:

MiCHELLE RODRIGUES disse...

Eu estava ali, eu recebi esse presente!AMO-TE

M. Araújo disse...

Adoro poemas assim, boa postagem!

Luly Sena disse...

Nossa que lindo, ta apaixonado hein *-* parabens

Caroline disse...

Meio picante, meio doce...

Imaginei esse poema até mesmo como música.

Muito legal.

Franciele Valadão disse...

Uauu, adorei! Picante heim ? Lindo!

Deane disse...

Belo poema, gostei.
Gostei mais ainda da foto cabeçalho do blog.. rsrs
brincadeirinha, eu cof-cof nem bebo :P

Vanessa disse...

Cara que foda, amei isso tudo...bati

Branca disse...

Quanta urgência de ter, quanto querer, quanto desejo!!
Bom demais assim!!!
Melhor ainda satisfazer tudo isso.

Bjos

Macaco Pipi disse...

humm
sedutor!

Macaco Pipi disse...

a foto dá um climao!